PF prende suspeito de distribuir drogas em Hortolândia

quarta-feira, 29 de agosto de 2012


Um homem foi preso na manhã desta terça-feira (28) em Hortolândia durante uma operação da Polícia Federal de Cascavel (PR) após ser apontado como o responsável pela distribuição de drogas no interior do estado de São Paulo. De acordo com as investigações da PF que tiveram início no começo deste ano, ele era integrante de uma quadrilha especializada no tráfico de entorpecentes, que atuava principalmente no estado do Paraná. O núcleo do bando funcionava nas cidades de Santa Helena e Foz do Iguaçu.

A assessoria de imprensa da PF informou que o suspeito preso em Hortolândia recebia a droga enviada da região Sul do país e distribuia no interior paulista. Ele foi levado para a cadeia anexa ao 2º Distrito Policial de Campinas. A operação ‘Professor Pardal’ para combater o tráfico abrangeu os estados do Paraná, Bahia e São Paulo. Foram expedidos pela Justiça 16 mandados de prisão e 13 de busca e apreensão na cidade de Curitiba, Cascavel, Foz do Iguaçu, Matelândia, Marechal Cândido Rondon, Toledo, Santa Helena, Guaira, Vera Cruz do Oeste, Vitória da Conquista e Hortolândia. Até as 15h30, 15 pessoas haviam sido presas e um suspeito estava foragido no Paraguai, segundo a PF.

Desde o início das investigações, foram apreendidos 127 kg de cocaína, 38 kg de haxixe e 412 kg de maconha. A última apreensão foi realizada no domingo (26). Ainda segundo a PF, todos os suspeitos enviavam drogas e utilizavam veículos previamente preparados para o transporte de entorpecentes a partir de Toledo e Foz do Iguaçu para diversos estados do país.

A operação leva o nome de ‘Professor Pardal’ por conta da engenhosidade empregada pelos investigados para criar fundos falsos nos veículos utilizados para o transporte de drogas. Em alguns dos casos, sistemas eletromecânicos de liberação e painéis dos automóveis utilizados eram acionados por botões pressionados simultaneamente, segundo a PF.

Fonte: G1

Deixe um Comentário